Protestors throw Molotov bombs at US Consulate in Rio//Black blocs incendeiam ônibus e jogam bomba no consulado americano

A group of protesters, “Black Blocks”,  which was initially a part of the peaceful protest in support of education in Rio yesterday, ended the night by throwing two Molotov cocktails at the U.S. Consulate, burning a bus on Avenida Rio Branco, and smashing two more.

Image

Passengers who were on other buses were forced down to avoid being hit by the fire. Protesters also threw stones at the consulate. The military police Shock Battalion stationed themselves near the consulate and began to disperse demonstrators with tear gas and moral effect.

The building of the Consulate of Angola was also vandalized.

Earlier in the day approximately 50,000 participants gathered for a non-violent protest in support of education entitled “A Million for Education”, occuping the entire area in front of the House and the National Library. Most of the protesters were formed by groups of municipal, state, students and unionists teachers, who were not involved in acts of graffiti and vandalism.

 (summarized from article in Jornal do Brasil http://www.jb.com.br/rio/noticias/2013/10/08/black-blocs-incendeiam-onibus-e-jogam-bomba-no-consulado-americano/)
 
Image
 

Rio de Janeiro – Manifestantes black blocs, que inicialmente participaram do protesto em apoio à educação no Rio, segunda-feira (7), de forma pacífica, acabaram incendiando um ônibus na Avenida Rio Branco, depredando mais dois, além de jogarem dois coquetéis-molotov no consulado americano, durante a noite.

Passageiros que estavam  em outros ônibus foram obrigados a descer para não serem atingidos pelo fogo. Manifestantes também jogaram pedras contra o consulado. Os policiais militares do Batalhão de Choque se posicionaram próximo ao consulado e começaram a dispersar os manifestantes com bombas de gás e de efeito moral.

Pontos de ônibus foram quebrados e o prédio do Consulado de Angola também foi depredado. Black blocs assumiram a direção de dois ônibus e colocaram os veículos de forma que bloqueassem a Avenida Rio Branco ao lado do monumento do Obelisco. Os bombeiros foram chamados e começaram a apagar as chamas do ônibus que foi incendiado. Os vândalos tentaram incendiar um segundo ônibus, mas fugiram com a chegada da polícia sem que o veículo fosse incendiado.

A manifestação em defesa da educação começou de forma pacífica, por volta das 18h, na Igreja da Candelária, reunindo cerca de 50 mil participantes. A maior parte dos manifestantes era formada por grupos de professores municipais, estaduais, estudantes e sindicalistas, que não se envolveram nos atos de pichação e vandalismo. A passeata seguiu rumo à Avenida Rio Branco. Intitulada “Um Milhão pela Educação”, ocupou toda a área em frente à Câmara e à Biblioteca Nacional. 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s